Escrivão de Polícia atua em projeto social em Rio Pardo de Minas


A ação solidária do CONSEP de Rio Pardo de Minas demonstrou que a cidade não apenas está bem amparada com os serviços prestados pela Segurança Pública do Estado, mas também que a parceria Polícia Civil e Polícia Militar, por meio das ações do Conselho de Segurança Pública, vão muito além do que se espera das Instituições.


O depoimento do Escrivão de Polícia e presidente do CONSEP, Samuel de Castro Inácio, que desde desde sua primeira designação, no ano de 2009, está lotado em Rio Pardo de Minas, mostra à sociedade o que por muitas vezes a mídia tenta ocultar da população: que todos os policiais são humanos e, assim como qualquer ser humano, se encantam com o sorriso de uma criança.


Conhecedor da história da cidade e hoje parte dessa história, Samuel se engaja em busca de um futuro melhor para todos os moradores. Segundo ele: “O projeto interfere significativamente na vida das crianças, jovens e adolescentes, uma vez que os brinquedos doados têm potencial para prevenção do uso de drogas ou ingresso para a criminalidade, além de resgate de alguns valores como no caso dos carrinhos de rolimã, aproximando, também, os policiais das crianças e comunidade".


Samuel completa dizendo o quanto se sentiu comovido com a ação. “Fiquei muito emocionado, principalmente com a pureza no sorriso feliz das crianças, e por estarem recebendo os presentes pelas mãos de policiais”.


Esse é mais um exemplo de cidadania desenvolvido por um Escrivão de Polícia, que age com excelência não apenas de forma singular, mas que sabe potencializar por meio de parcerias como essas ligadas ao CONSEP, projetos que atendam à necessidade da população, razão de existência das Instituições de Segurança Pública.


O SINDEP/MG se orgulha de ações como essa, e parabeniza o EPC Samuel de Castro Inácio e todos os envolvidos nesse projeto, cuja ideia precisa ser replicada pelos quatro cantos de Minas para alcançar cada vez mais jovens e crianças.