Escrivã nota 10: ESCRIVÃ DE POLÍCIA SALVA A VIDA DE BEBÊ NO SUL DE MINAS.

Um coração continua a pulsar: ação destacada da Escrivã Débora Oliveira!

A decisão de servir a sociedade no ano de 2011, através da Polícia Civil de Minas Gerais, reservava para Débora Oliveira, Escrivã de Polícia, dentre as várias experiências que iria viver ao longo de sua carreira, a de ser usada como instrumento para salvar uma pequena vida.

Na última quarta-feira (18/06), os pais da recém nascida Penélope realizavam compras em um supermercado nas proximidades da Delegacia de São Lourenço, quando perceberam que a filha não estava respirando e buscaram socorro na delegacia onde Débora, que também é mãe, estava de serviço.


Acostumada a vivenciar diariamente o perigo, por meio do risco que envolve a profissão, a escrivã, que é vista pelos colegas de profissão como uma policial operacional por sua destacada atuação nas ruas e no cartório, se deparou com a pequena Penélope, com coloração roxa, engasgada, necessitando de cuidados.


O profissionalismo e preparo adquiridos ao longo dos anos de profissão não deixaram a policial titubear ao ver que os pais da criança colocaram em suas mãos a missão e responsabilidade de salvar Penélope, de 12 dias de idade. Por meio das manobras de primeiros socorros adequadas, Débora conseguiu fazer com que a bebê voltasse a respirar.

“Salvar a Penélope foi reconexão com o mundo, com o Divino, seja em qual acreditamos. Foi gratificante saber que a população confia na instituição, e, enquanto Policial Civil, senti o coração repleto de amor. Às vezes passamos tanto tempo na lida que ocorre de endurecer, sabe? Penélope voltando a respirar foi como se eu também voltasse”, disse Débora.


“Sentimos muito orgulho de profissionais como Débora, que abrilhantam o nome da nossa classe e da nossa Instituição. Mesmo que nosso trabalho não seja devidamente reconhecido pelo governo, temos grandes exemplos de excelência e profissionalismo. Além disso, todos os dias nos doamos e arriscamos nossas vidas em prol de uma sociedade mais segura”, disse o presidente do SINDEP-MG, Bruno Viegas, ao comentar a ação.


O SINDEP-MG mais uma vez vem enaltecer a importância da categoria, que por meio da ação destacada da Escrivã Nota 10, Débora, demonstra que em qualquer lugar do Estado existem profissionais prontos para servir a população mineira e que merecem ser valorizados.