Mães policiais: muitas em uma



Altruísmo e muita dedicação. Estas são as palavras que descrevem a Fernanda filha, esposa, amiga, professora, policial e MÃE. Durante o bate-papo com Sindicato, ela nos contou que é o primeiro dia das mães com a filha, já que no último ano estava gestando


Importante dizer que Fernanda é o retrato fidedigno de muitas escrivãs e policiais. Sendo mães ou não na vida pessoal, abraçar a maternidade da missão institucional da Polícia é empenhar esforços diários e incondicionais para garantir a preservação dos Direitos individuais e da coletividade. Vocês são muitas em uma. São múltiplas, mas, para este dia de hoje, homenagear Fernanda é reconhecer o trabalho dessas mães policiais, dignas de admiração e respeito por essa devoção sem medida à vida


Recentemente, Fernanda Kelly, escrivã de Polícia, lotada na Delegacia de Polícia de Formiga, foi homenageada, junto a outros profissionais da Segurança Pública da cidade, com o Prêmio Boina de Ouro da Câmara Municipal pelos relevantes serviços prestados à Segurança do Município.

.

Fernanda ingressou no cargo de escrivã de Polícia Civil aos 18 anos, quando ainda era permitido o ingresso com nível médio e, foi na Polícia, durante o curso de Formação Policial, que surgiu o interesse pelo Estudo do Direito Penal. A partir desse momento, ingressou no curso de Direito, especializou-se em Ciências Criminais e concluiu o mestrado em Direito Penal. Com propósito de prestar um serviço de melhor qualidade à sociedade, durante a sua graduação, Fernanda fez intercâmbio internacional na Universidade de Coimbra - Portugal, que à época estava com um projeto de Reforma do Código de Processo Penal. Ela se baseou, inclusive, nesse projeto de Reforma para fundamentar sua pesquisa que vinha sendo desenvolvida aqui no Brasil durante sua graduação.

.

Fernanda tornou-se, assim, referência no assunto e recentemente foi convidada para participar do 1° Comitê Gestor do Conselho Estadual de Modernização Administrativa (Cema) para contribuir com o Processo de Modernização da Policia Civil. Por essa razão, neste mês, a convite do Sindep/MG, Fernanda nos contará por meio de uma entrevista como se deu esse processo de construção do Projeto de Modernização da PC e a importância dele para a qualidade da Segurança Pública, além de dialogar conosco sobre assuntos de interesse da categoria.

.

Por fim, o Sindep/MG deseja a todas às mães, especialmente às mães policiais, que empenham esforços de forma solidária e amorosa em prol do bem comum, UM FELIZ DIA DAS MÃES.